Girl Revving Really Hard – Miss BlackJess


Another girl from PedalVamp and do you know agressive they are!!

—> Click Here to Buy Full Clip

Girl Revving VW PUMA


Walking through the center of town, I saw a blond woman in her 40’s, wearing a pair of clogs that showed only her heel. She was opening the door of a Puma, an old car made on the Beetle platform, so with those perfect pedals to watch a Pedal Pumping show.

When she came in and unlocked the door I walked faster to see if I was going to drive barefoot. As I passed, I stared out the window as she pumped the gas pedal before cranking the car.

She was pounding hard on the gas before starting. The traffic light closed to the pedestrians and I was paying attention to the car to see if it start. After a few tries she started with the pedal down, when the car started it was accelerated, but not to the floor.

She took a few half-way revs and got out when the car died. She started again but the car did not start. She then gave some more pumping on the gas and started again. As long as the light did not open I listened to the sounds and movements of her inside the car.

When starting the car again, it start up faster than the first time. She gave some more revs, stronger than the middle and was going away. When the car almost die again.

When the car almost to die, she soon stepped on the clutch and gave 3 allthe way to the floor revs. It stomped loudly until the end. There is a smoke characteristic of the exhaust when it revs. The car moaned loudly, drawing attention in the street.

After the 3 revs to the floor, she gave a few more middle revs and then 3 or 4 revs to the floor, holding the gas down in the last one. That poor engine scream hard that time cleaning the carburator and the exaust. What a fast Extreme Revving Girl Show!

Girl Blowing Engine – Miss Black Mamba And Miss Melaine


Do you like Fiat Punto? This 2 girls don’t ! Do you know what happens when they do love the car? They rev it up to the floor! But, do you know what happens when they DON’T like the car? Well you must see this clip to understand!

—-> Click to Buy the Full Clip Here

Vectra na Praia


Um dia estava caminhando na praia e vi que tinha um grupo de 3 garotas entrando num vectra. Elas estavam com amigos eu acho e enquanto eu passava por perto elas estavam rindo e falando sobre a motorista que era barbeira etc.

Ela ligou o carro e deu umas esgoeladas nele pra chamar a atenção. Inesperadamente já fiquei excitadissimo ouvindo o ronco daquele vectra, depois daquelas esgoeladas que ela deu ficaram todos olhando e as meninas dando risada e a motorista não se importou. Engatou a primeira e afundou o pé no acelerador e manteve o carro fritando os pneus.

Minha nossa aquela gata sabia castigar o acelerador. Durante um tempo ficou o com carro fritando pneu e com o pé atolado no acelerador. O vectra gemia nos pezinhos daqela menina e elea com os braços pra fora e as meninas dentro do carro zoando e todos olhando aquela nuvem saindo dos pneus.

Ela então parou de fritar os pneus e deu mais uma zoada com quem disse que ela era barbeira, deu mais umas esgoeladas no carro sem dó e foi embora cantando pneu.


Photo from Kate’s C4S

Minha Amiga em Seu Uno


Uma amiga minha tinha um uno 92 vermelho. Um dia fomos sair juntos e ela me deu carona. Na hora de voltar pra casa, o carro não deu partida. Ela tentou duas vezes e nada. Então ela começou a dar bombadas no acelerador pra ver se o carro pegava. eu percebi que quando ela ligava o carro e dava bombadas ao mesmo tempo ele ameaçava pegar, mas quando ela bombava e depois dava partida o carro não ameaçava pegar.

Comecei então e manipular a situação, dizendo pra ela dar várias bombadas no acelerador sem ligar o carro e quando ligasse não pisar no acelerador. Durante 3 tentativas ela bombava forte antes de dar partida. Depois disse pra ela tentar de outra forma.

Ela começou a dar bombadas fortes e quando dava partida ela bombava bem rápido o acelerador. Ver aquele movimento me deixou muito excitado e ela foi tentando dar partida e bombando sempre forte. Deposi de mais 3 tentativas disse pra ela fazer de outra forma.

Disse pra ela bombar bem forte antes de dar partida. Assim ela o fez mexendo seu corpo e levantando a perna para boimbar com força o acelerador e quando deu partida fincou o pé no acelerador apertando ele até o fundo. Deposi de 2 tentativas o uninho rouncou meio engasgado para a vida.

Sem que eu dissesse nada ela começou a pisar e soltar o acelerador até a metade mas sem tirar o pé. O uno ainda meio engasopado ia ganhando fôlego enquanto aqueles pezinhos pisavam e soltavam o acelerador até que ela deu uma pisada bem forte. Quando ouviu o ronco mais saudável do uninho deu 6 esgoeladas sem dó naquele carrinho, mostrando pra ele quem estava no comando. Pisando sem dó no acelerador até o talo deixando o motor urrar.

Depois deu mais 5 aceleradas fortes tipo pisa e solta mas até o fundo sem dó. Engatou a primeira e fomos embora.


Photo from Kate’s C4S

A esposa do Mecânico Acelerando o Corsa


Comprei um corsa uma vez e levei no mecânico para dar uma revisada. Fui na Oficina que ia sempre pois a esposa do mecânico sempre dava o primeiro atendimento pra mim no horário que eu ia lá. Pois o Marido estava sempre em outro lugar fazendo assistência numa concessionária na parte da manhã.

Cheguei e ela estava abrindo a oficina. Logo encostei o carro e disse que tinha comprado o carro e pedi pra ela dar uma olhada pra ver se precisava fazer algo no carro.

Ele estava muito limpo e bem lavado e higienizado por dentro e também com o motor lavado.

Ela logo disse pra eu colocar o carro no elevador. Então ela levantou o carro e olhou por baixo a condição do escapamento e suspensão, mas nada muito aprofundado. Depois baixou o carro e me disse que parecia tudo ok, mas se eu quisesse deixar o carro lá ela pediria para o marido olhar.

Eu disse que não queria nada aprofundado era só rpa ter certeza que estava tudo certo. Mas pedi pra ela dar uma olhada no motor, ligar o carro e ver se estava tudo funcionando bem pois eu iria apenas trocar o óleo.

Ela então entrou no carro e olhou os instrumentos ligou a bateria e verificou todas as luzes, destravou o capô, saiu do carro e e olhou o motor, que estava bem limpo. Verificou a conexão dos cabos, a da bateria, os fluidos de freio etc. Pedi pra ela ligar o carro e escutar o motor pra ver se estava de acordo.

Ela então se encaminhou para dentro do carro com aquelas havaianas novinhas e branquinhas. Como de costume tirou as havaianas para dirigir. Ligou o carro e por 4 vezes foi para a frente e para trás com o carro verificando se a embreagem patinava.

Depois resolveu fazer o teste do motor ligou e desligou o carro 2 vezes e depois começou a acelerar. primeiro de leve, 6 aceleradinhas leves. Aí deu umas 8 aceleradas mais fortes pra baixo do meio. Eu estava ali observando aqueles pezinhos lindos acelerando com autoridade e ela então foi comentando que achava que estava tudo ok. Eu disse que a correia tinha cantando algumas vezes e ela então deu duas pisadas fortes e nada da correia cantar.

Saiu do carro e foi olhar o escapamento, depois foi ao motor e olhou mais um pouco, então acelerou o carro pelo cabo do acelerador, deu umas 6 aceleradas gostosas observando o motor. Voltou pra dentro do carro e deu mais 8 aceleradas um pouco pra baixo do meio, depois deu 4 aceleradas até o fundo, tipo pisando e soltando.

Fui ao delírio ao ver aquele corsinha gritando alto com aqueles pesinhos impiedosos. Ela então tirou a cabeça pra fora do carro olhando o escapamento e aí o corsinha sentiu o peso daquele pezinho lindo. Ela deu 9 aceleradas bem fortes até o fundo, pisando e soltando, depois deu mais 6 aceleradas até o fundo mas pisando rápido e soltando até o meio e já pisando forte de novo.

Deu um tempo e depois mais 10 aceleradas soltando até a metade mas pisando gradativamente mais fundo, etnão ela deu duas esgoeladas de arrepiar no carro. Pisou e soltou mais umas 4 vezes até o fundo e fincou o pé de novo esgoelando mais umas 5 vezes sem dó.

Aquele pezinho estava endiabrado aquele dia. Eu queria mais muito mais. Mas ela disse que estava ok e que só a troca de óleo seria preventivo o suficiente.

E deu mais 4 aceleradas fortes pisando e soltando, então eu pedi pra ela das umas pisadas fortes e tentar verificar se o motor tinha um ronco estridente quando afundava o pé. Ela então voltou sua atenção pra escutar o motor e começou a esgoelar o corsinha sem dó.

Esgoelou ele umas 7 vezes sempre atolando o pé e dando uma seguradinha rápida do pedal no fundo. Ela deve ter marcado aquelas solinhas demais pq pisava sem medo e com força.

Depois eu agradeci e fui embora no meu carro que estava cansado de apanhar daquele pezinho lindo.